05 mar

Crise e Oportunidade na Psicologia

Nos últimos tempos muito se fala em crise. E sem dúvidas que isso afeta o cenário econômico, mas será que é sempre assim? Será que tudo é culpa da crise e não podemos fazer nada para mudar isso?

Sei que algumas pessoas ficaram com seus consultórios vazios “por causa” da crise.

Enquanto outros colegas de profissão, passaram a ter suas agendas cheias, justamente “por causa” da crise.

E qual a diferença entre um e o outro cenário?

“Mas Bruno, com a crise a primeira coisa que as pessoas deixam de fazer é terapia…”

“Bruno, justamente pela crise é que cada vez mais pessoas estão buscando os serviços da Psicologia”

Os dois cenários são reais.

Agora qual é a sua realidade? E o que faz esta diferença? Confira neste vídeo aqui

 

    Comments

  1. Glorita
    5 de março de 2017

    Oi Bruno,
    Refletindo também sobre a crise desde o ano decidi fazer trabalhos voltados para grupos em diferentes áreas.
    No grupo o custo do atendimento cai e o investimento feito pelo cliente volta a caber dentro do seu bolso.
    Essa solução está dando muito certo para mim.
    Inclusive isso gerou um aumento do atendimento individual também por conta de indicações que passei a receber.
    Esse experiência vem dando super certo comigo.
    Em tempos que crise eu resolvi criar!

    Responder
    • Bruno Rodrigues
      8 de março de 2017

      Excelente iniciativa! O lado bom da crise é este, faz a gente criar soluções 🙂

      Responder
  2. Vânia Maciel
    23 de novembro de 2017

    Glória, qual a inserção que você usa em grupos? Trabalha com qual segmentos? Como ingressa? Sou de BH e achei legal sua iniciativa! Gostaria de saber mais!
    Vânia Maciel

    Responder

Leave A Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *